31 2552-4580       rodrigosilva@uol.com.br
Como é a preparação para a cirurgia colorretal

Como é a preparação para a cirurgia colorretal

A cirurgia colorretal é um procedimento utilizado no tratamento de várias condições que afetam o cólon e o reto. Essa cirurgia é indicada em casos como câncer colorretal, doença inflamatória intestinal (doença de Crohn e colite ulcerativa), diverticulite e outras complicações que não respondem a tratamentos menos invasivos.

Diagnóstico e Indicação Cirúrgica

O diagnóstico preciso é o primeiro passo para determinar a necessidade de cirurgia colorretal. Ele envolve exames como: 

  • colonoscopia;
  • exames de imagem (como tomografias computadorizadas e ressonâncias magnéticas); 
  • biópsias; 
  • exames de sangue e urina;
  • risco cirúrgico;
  • CEA, conhecido como antígeno carcinoembrionário, é uma proteína utilizada como um indicador de tumor, frequentemente encontrada em níveis elevados no sangue de pacientes com câncer colorretal, dentre outros.

Uma vez diagnosticada a condição, e se a cirurgia for indicada, começa o processo de preparação. Alguns desses exames não são realizados quando a cirurgia é feita em caráter de emergência. 

Consulta com o Cirurgião

A jornada para a cirurgia colorretal começa com uma consulta detalhada com o cirurgião. Nesta fase, são discutidos os objetivos, os riscos, os benefícios do procedimento e o planejamento cirúrgico. Também é uma oportunidade para o paciente esclarecer dúvidas e preocupações.


Durante a consulta, o cirurgião avaliará qual método cirúrgico é o mais indicado, podendo ser a cirurgia tradicional ou aberta, laparoscópica ou robótica. A cirurgia tradicional ou aberta envolve uma incisão maior, permitindo ao cirurgião acesso direto à área afetada. Apesar de ser mais invasiva, pode ser necessária em casos mais complexos. A cirurgia laparoscópica, por outro lado, é minimamente invasiva, realizada através de pequenas incisões com o auxílio de uma câmera e instrumentos especiais. Oferece uma recuperação mais rápida e menos dor pós-operatória. Já a cirurgia robótica, uma evolução da laparoscópica, utiliza sistemas robóticos para maior precisão e controle, ideal para procedimentos complexos e delicados. Cada método tem suas vantagens e indicações específicas, e a escolha dependerá de diversos fatores, incluindo a condição médica do paciente, a extensão da doença e a experiência do cirurgião.

Avaliação Pré-operatória

Antes da cirurgia, é realizada uma avaliação pré-operatória. Isso pode incluir exames de sangue, avaliações cardíacas e pulmonares, e outros testes para assegurar que o paciente esteja em condições adequadas para a cirurgia.

É essencial informar também ao cirurgião sobre todos os medicamentos que estão sendo tomados, incluindo suplementos e medicamentos sem prescrição. Alguns deles podem precisar ser ajustados ou interrompidos antes da cirurgia.

Preparo Intestinal

O preparo intestinal é uma parte importante da preparação para a cirurgia colorretal. Geralmente, isso envolve uma dieta líquida clara e a utilização de laxantes para limpar o intestino antes do procedimento.

Uma dieta especial pode também ser necessária nos dias que antecedem a cirurgia. Isso geralmente inclui a ingestão de líquidos claros e evita alimentos sólidos para minimizar o conteúdo intestinal.

Outros cuidados

O jejum é normalmente requerido por um período antes da cirurgia, geralmente a partir da meia-noite do dia anterior. Isso reduz o risco de complicações como aspiração durante a anestesia.

Instruções específicas sobre banho e higiene pessoal podem ser fornecidas, como o uso de sabonetes antibacterianos, para reduzir o risco de infecções.

Planejamento para o Pós-operatório

É importante planejar o período de recuperação. Isso pode incluir a organização de ajuda em casa, preparação de uma área confortável para repouso e ajustes na rotina diária.

Consentimento Cirúrgico

Antes da cirurgia, o paciente deve assinar um consentimento informado, que confirma a compreensão dos riscos, benefícios e alternativas ao procedimento cirúrgico. No dia da cirurgia, o paciente deve seguir todas as instruções dadas pela equipe médica, incluindo horários de chegada ao hospital e orientações sobre medicação.

A preparação para a cirurgia colorretal é um processo detalhado, que visa maximizar a segurança e eficácia do procedimento. Seguir as orientações médicas cuidadosamente é essencial para um resultado bem-sucedido.

Fechar Menu