31 2552-4580       rodrigosilva@uol.com.br
Robótica X Laparoscópica: qual a melhor técnica para excisão total nos casos de câncer de reto

Robótica X Laparoscópica: qual a melhor técnica para excisão total nos casos de câncer de reto

O câncer colorretal ocupa o terceiro lugar entre os tipos de câncer mais prevalentes no mundo e no Brasil não é diferente. Os principais fatores de risco incluem histórico familiar da doença, dieta rica em carne vermelha e gorduras, baixa ingestão de vegetais, frutas e legumes, consumo regular de bebidas alcoólicas, doenças inflamatórias intestinais, obesidade, falta de atividade física. E, especificamente para o câncer de reto, a exposição prévia à radioterapia para câncer de próstata ou tumores ginecológicos também são um agravante.

No tratamento do câncer colorretal, a abordagem cirúrgica é frequentemente a principal opção terapêutica. A excisão total do mesorreto envolve a remoção completa do tecido ao redor do reto, incluindo o mesorreto, que é rico em linfonodos e vasos sanguíneos. A cirurgia busca erradicar as células tumorais e prevenir a disseminação da doença. 

Mas, qual a melhor técnica cirúrgica para a remoção do câncer de reto? 

A escolha da técnica cirúrgica adequada para o tratamento do câncer de reto é uma decisão que depende de vários fatores e que influencia os resultados no longo prazo. Entre as opções disponíveis, a cirurgia robótica e a laparoscópica têm se destacado. Neste artigo, exploraremos as diferenças entre essas duas técnicas e qual é a mais indicada para a excisão total do mesorreto, um procedimento padrão para o câncer de reto.

Entendendo a cirurgia laparoscópica

A cirurgia laparoscópica, também conhecida como cirurgia minimamente invasiva, envolve o uso de pequenas incisões e uma câmera para guiar o cirurgião durante o procedimento. Esta técnica reduz o trauma cirúrgico, o tempo de recuperação e as cicatrizes pós-operatórias. É uma opção bastante utilizada e muito eficaz para diversos procedimentos, incluindo a excisão de tumores no reto.

A revolução da cirurgia robótica

A cirurgia robótica é uma evolução da técnica laparoscópica. Utilizando sistemas robóticos avançados, ela permite ao cirurgião mais precisão e controle ainda maiores do que nos outros tipos de cirurgia. Um dos diferenciais da cirurgia assistida por robô é que os braços robóticos conseguem imitar os movimentos da mão humana, mas com uma amplitude e precisão superiores, além de evitar tremores e fadiga que podem atingir o cirurgião, principalmente em procedimentos muito longos.

Visão 3D e movimentos precisos

Um dos principais benefícios da cirurgia robótica é a visão tridimensional de alta definição que ela oferece, em contrapartida, a visão em 2D da cirurgia laparoscópica. Isso, combinado com a capacidade dos braços robóticos de realizar movimentos extremamente precisos, permite ao cirurgião uma visualização e manipulação detalhadas dos tecidos.

Menor risco de complicações

A cirurgia robótica apresenta um menor risco de complicações, especialmente em procedimentos complexos como a excisão total do mesorreto. A precisão do robô pode reduzir o risco de lesões em estruturas próximas, como nervos e vasos sanguíneos. 

Cirurgia robótica ou laparoscópica: qual a melhor escolha?

Para a excisão total do mesorreto, a cirurgia robótica é frequentemente considerada superior à laparoscópica. A visualização detalhada e a precisão dos movimentos robóticos permitem uma remoção mais completa do tecido canceroso e dos linfonodos, o que é crucial para prevenir a recorrência do câncer.

A técnica da cirurgia robótica é bastante segura e a cada dia ganha mais adeptos tanto dentro do corpo clínico hospitalar, quanto a pacientes que buscam por uma cirurgia comprovadamente segura.

Porém, a decisão quanto a realização de uma ou outra cirurgia depende de vários fatores como evolução da doença, saúde geral do paciente, estágio do câncer, se ele apresenta metástase, dentre outros. Outro fator que também acaba afastando os pacientes da cirurgia robótica ainda é a disponibilidade de equipamentos e encontrar cirurgiões capacitados em realizar o procedimento.

O futuro da cirurgia colorretal

O avanço contínuo da tecnologia robótica promete transformar ainda mais a cirurgia colorretal. Com melhorias na eficiência, redução de custos e treinamento mais amplo para cirurgiões, é provável que a cirurgia robótica se torne cada vez mais comum em procedimentos complexos como a excisão total do mesorreto.

Conclusão

A cirurgia robótica oferece vantagens significativas em precisão, segurança e recuperação para o tratamento do câncer de reto, especialmente para a excisão total do mesorreto. Embora a laparoscopia continue sendo uma opção válida, a robótica está se estabelecendo como a técnica preferida para esses casos complexos. Conforme a tecnologia avança, espera-se que ela se torne mais acessível e amplamente adotada.

Fechar Menu